Critérios ASG e uma nova cultura empresarial

A proposta é promover um debate acerca da incorporação das questões Ambientais, Sociais e de Governança (ASG) ao processo decisório de, entre outros, investidores e grandes empresas como fator mobilizador de mudanças de caráter inadiável no setor produtivo. Participam do debate: Artur Bruno (secretário estadual do Meio Ambiente), João Rafael Furtado (sócio do escritório Furtado Pragmácio Advogados) e Haroldo Rodrigues (sócio fundador da investidora in3). A moderação é do jornalista da TrendsCE, Pery Negreiros.

Cadastre-se em nossa newsletter