O medo de que ocorra uma recessão global contribui para uma nova onda de vendas no mercado de ações. (Foto: Pexels)

Investidores buscam proteção após alta do dólar

Por: Ívina Sales | Em:
Tags:, ,

O dólar americano opera em alta na manhã desta segunda-feira (13) com avanço de 1,30% superando os R$ 5 reais. Moeda avançava à espera de decisão de juros no Brasil e nos EUA nesta semana, após inflação acima do estimado.


Quer receber os conteúdos da TrendsCE no seu smartphone?
Acesse o nosso Whatsapp e dê um oi para a gente.


O aumento de juros também causou preocupações no Banco Central Europeu, que se comprometeu com aumento de 0,25 ponto percentual na taxa de juros. O medo de que ocorra uma recessão global contribui para uma nova onda de vendas no mercado de ações. Os índices futuros dos EUA apontavam para uma sessão de queda, com o Nasdaq afundando cerca de 2,7%.

Inflação nos EUA pressiona bitcoin que toca mínima em 18 meses

Valor total do mercado de criptomoedas, que chegou a US$ 3 trilhões em novembro, era de US$ 1,02 trilhão na manhã desta segunda-feira (13), horário de Brasília. O maior token digital do mundo sofreu queda superior a 12% para US$ 23.981 – o menor nível desde dezembro de 2020.

Traders tem aumentado as apostas para um ritmo mais agressivo de aperto do Federal Reserve depois que os dados da última sexta-feira (10) mostraram que a inflação dos EUA atingiu uma nova máxima em 40 anos em maio. As liquidações longas de criptomoedas alcançaram cerca de US$ 437 milhões na segunda-feira, de acordo com o CoinGlass, a maior desde 11 de maio. Este é o quarto dia em que a contagem está acima US$250milhões.

A tradução dos conteúdos é realizada automaticamente pelo Gtranslate.
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Top 5: Mais lidas

Cadastre-se em nossa newsletter