A Unicred é uma instituição financeira cooperativa, que conta, atualmente, com 4 centrais, 307 agências e mais de 250 mil cooperados no país. (Foto: Davi Probo)

Unicred abre novas agências e reforça economia cooperativa no Nordeste

Por: Karine Nascimento | Em:
Tags:

Fundada há 32 anos, no Rio Grande do Sul, a Unicred Integração inaugurou, nos últimos dias 11 e 12 de março, duas novas agências na Região Nordeste, sediadas em Fortaleza (CE) e Natal (RN). O lançamento marcou o retorno da instituição à região, após oito anos.


Quer receber os conteúdos da TrendsCE no seu smartphone?
Acesse o nosso Whatsapp e dê um oi para a gente.


A Unicred é uma instituição financeira cooperativa, que conta, atualmente, com 4 centrais, 307 agências e mais de 250 mil cooperados no país. Essa modalidade econômica vem sendo destaque de estudos realizados pelo Banco Central (BC), que apontou o crescimento de 20% da participação das cooperativas no crédito do Sistema Financeiro Nacional até 2022. No Nordeste, a cobertura dessas cooperativas deve subir de 13% para 25% dos municípios, ainda segundo estudos do BC.

“Onde existe uma cooperativa, as taxas e os juros são menores, porque ela vai mover os créditos para um patamar mais acessível. O maior diferencial das cooperativas, como a Unicred, é que o que uma comunidade ou um município produz, não sai dali, ao contrário de um banco tradicional, onde os resultados voltam para a matriz”, destaca Antônio César de Oliveira, presidente da Unicred Integração.

Henrique Gonçalves, gerente da instituição, concorda que o sistema apresenta vários benefícios. “O cooperativismo de crédito foi criado para trazer soluções mais justas, mais transparentes. Nesse modelo, o cooperado também é dono do negócio, então ele participa do resultado financeiro sobre o qual ele gerou riqueza. Diferentemente das instituições tradicionais, o cooperativismo financeiro vai reduzir as taxas de juros porque é uma entidade sem fins lucrativos. O Banco Central tem incentivado as cooperativas de crédito para, assim, reduzir a concentração nos grandes bancos”.

“Tanto pessoas físicas como pessoas jurídicas conseguem ter condições distintas das que o mercado propõe. Outro grande diferencial é que o serviço de crédito é criado pela demanda do cooperado e não pela diretoria. Não é a diretoria que resolve criar um produto e vai vender esse item para o cooperado. A gente, enquanto instituição, vai entender a demanda e apresentar essa possível solução financeira para o cooperado”, complementa Henrique.

Ainda de acordo com o gerente, a economia cooperativa é um recurso que deve ser considerado principalmente na conjuntura atual, de crise econômica. Ainda assim, não é tão conhecida pela sociedade em geral. A abertura das novas agências na Região Nordeste busca popularizar o tema, mas outras formas de divulgação ainda devem ser planejadas e implementadas. “Uma opção é difundir o cooperativismo de todas essas formas, não só o financeiro, para que o conceito seja mais acessível”, pontua.

As inaugurações reuniram os presidentes, diretores e gestores do sistema Unicred, colaboradores, parceiros e cooperados. (Foto: Davi Probo)

O presidente da Unicred Integração, Antônio César de Oliveira, reforça que, quando se fala em integrar e auxiliar no desenvolvimento de uma localidade, também se deve pensar em conceitos como sustentabilidade e formação das futuras gerações. “Nós temos fontes geradoras de energia para as nossas agências do Sul, estabeleceremos futuramente aqui, no Nordeste, também. Além disso, o mais importante, nós temos um programa social que se chama ‘Vida que prospera’. Esse programa começou há cerca de três anos, voltado para a educação financeira de crianças de escolas públicas. Ele foi tão bem aceito nas comunidades onde foi aplicado, que escolas particulares e até universidades solicitaram que a gente estendesse esse programa para jovens e adolescentes. Isso é gratificante, porque é um trabalho que funciona como uma semente. Atuando principalmente na infância, a gente está gerando possibilidades para essas pessoas terem um futuro com mais solidez”.

A tradução dos conteúdos é realizada automaticamente pelo Gtranslate.
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Top 5: Mais lidas

Cadastre-se em nossa newsletter