As estruturas de agentes autônomos têm crescido em quantidade, complexidade e maturidade. Hoje, existem operações que têm custódia maior do que algumas corretoras. (Foto: Freepik)

O que muda com a nova instrução para os escritórios de agentes autônomos

Por: Redação | Em:
Tags:

Conselho Monetário Nacional, do Ministério da Economia, aprovou a resolução que permite a organização de Agentes Autônomos de Investimento sob forma de sociedade jurídica. A resolução foi aprovada na última quinta-feira, 17 de fevereiro.


Quer receber os conteúdos da TrendsCE no seu smartphone?
Acesse o nosso Whatsapp e dê um oi para a gente.


Isso representa um grande passo para o mercado profissional. Com essa resolução, o mercado financeiro ganhará ainda mais competitividade: um ganho para todos.

A notícia foi bastante celebrada tanto pelas empresas de Assessoria de Investimentos como também pela ABAAI (Associação Brasileira de Agentes Autônomos de Investimentos), que foi quem encabeçou as negociações com os órgãos responsáveis.

O que isso significa

As estruturas de agentes autônomos têm crescido em quantidade, complexidade e maturidade. Hoje, existem operações que têm custódia maior do que algumas corretoras. 

Com essa nova instrução, as sociedades de agentes autônomos poderão captar recursos para expansão de sócios, ganham a oportunidade de ter uma governança ainda mais sofisticada, equidade com outros participantes de mercado que não enfrentavam as mesmas restrições, além de diminuir os problemas de sucessão e continuidade das firmas. Essas vantagens tornam o mercado mais eficiente e de concorrência sadia

Louise Porto Freire, assessora de Investimentos e Sócia da VLGI, comemora e destaca que é um momento muito especial para o mercado: “A força empreendedora do agente autônomo de investimentos vem revolucionando o mercado financeiro e dando eficiência para várias frentes de negócio: desde ajudar os investidores com suas decisões de investimentos e construção de reservas até apoiar as empresas que vem se estruturando para abrir capital, como alguns nomes que já temos aqui no Ceará”. 

Louise destaca, ainda, que as mudanças que estão acontecendo no mercado financeiro são importantíssimas e que esse é só o começo: “Esse é um passo de consolidação da nossa indústria, e nós da VLGI estamos prontos para esse novo caminho de oportunidades de crescimento. A meta é sempre entregar as melhores soluções para os nossos clientes”.

Sobre a VLG Investimentos:

A VLG Investimentos é uma empresa de agentes autônomos credenciada à XP Investimentos. Com unidades em Brasília (DF), São Paulo (SP), Feira de Santana (BA), Fortaleza (CE), Recife (PE), é líder do segmento na região Centro-Oeste, assessora clientes pessoa física e jurídica no Brasil e no mundo. Com uma equipe de profissionais extremamente qualificados e vasta experiência no mercado financeiro, atua na área de distribuição de valores mobiliários nos segmentos varejo, private, mercado de capitais e corporate. Focada em oferecer os melhores resultados aos seus clientes, prestando atendimento com imparcialidade e qualidade, a empresa alcançou 90 pontos no índice NPS (Net Promoter Score) e foi reconhecida pela XP com o Prêmio Tier 15+ Renda Fixa e com o selo de Referência em Renda Variável. Sem deixar de lado seu capital humano com políticas e ações internas para o bem-estar de seus colaboradores, recebeu o certificado Great Place to Work em 2020 e em 2021.

A tradução dos conteúdos é realizada automaticamente pelo Gtranslate.
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Top 5: Mais lidas

Cadastre-se em nossa newsletter