Segundo a consultoria, as profissões em alta em 2022 concentram-se nas áreas de Engenharia, Finanças e Contabilidade, Jurídico, Mercado Financeiro, Recursos Humanos, Seguros, Tecnologia e Vendas e Marketing. (Foto: Freepik)

Profissões em alta em 2022: confira as áreas mais promissoras

Por: Anchieta Dantas Jr. | Em:
Tags:

A continuidade da pandemia, o avanço crescente da digitalização das atividades econômicas e o home office dando lugar, em alguns setores, a um modelo híbrido de trabalho nas empresas marcou o ano de 2021 e deve continuar trazendo reflexos para o mercado ao longo deste ano. Até porque, este contexto gerou novos hábitos e, por sua vez, acabou por fazer com que algumas áreas ficassem mais promissoras profissionalmente do que outras. Ainda mais com o avanço da vacinação, o que está possibilitando a retomada dos negócios. Portanto, quem está à procura de colocação ou pensa em mudar de carreira vale conferir quais as profissões em alta em 2022.


Quer receber os conteúdos da TrendsCE no seu smartphone?
Acesse o nosso Whatsapp e dê um oi para a gente.


Pensando nisso, a consultoria de Recursos Humanos Robert Half, presente em diversos países, incluindo o Brasil, divulgou um estudo onde apresenta as principais tendências e setores mais demandados este ano. Assim como lista algumas posições de destaque em cada um deles.

Segundo a consultoria, as profissões em alta em 2022 concentram-se nas seguintes áreas: Engenharia, Finanças e Contabilidade, Jurídico, Mercado Financeiro, Recursos Humanos, Seguros, Tecnologia e Vendas e Marketing.

Cargos e profissões em alta em 2022

Na Engenharia, colocações como engenheiro de produção, gerente de projetos e gerente de supply chain (cadeia de suprimentos), por exemplo, estão em alta. Em Finanças e Contabilidade, destacam-se as posições de controller e planejador financeiro. Já no setor Jurídico, advogados especializados em fusões e aquisições, tributos e compliance. Ao passo que no Mercado Financeiro, analistas e especialistas em áreas regulatórias, fusões e aquisições, crédito corporativo, tesouraria e investimentos se destacam entre as profissões em alta em 2022.

Enquanto isso, na área de Recursos Humanos, profissionais focados em remuneração e benefícios, treinamento e desenvolvimento organizacional terão boas chances. Assim como desenvolvedores, arquitetos de soluções e profissionais da segurança da informação na Tecnologia. Por fim, executivo de contas, analistas, coordenadores e gerente de marketing digital e e-commerce serão bastante buscados em Marketing e Vendas.

“Diante do que estamos vivenciando nesses últimos dois anos estas áreas vem sendo as mais demandas em nossos processos seletivos, principalmente nos últimos seis meses, considerando a região Nordeste, nossa maior área de atuação”, confirma César Barreira, que é headhunter e consultor de empresas da CMGB Consultoria & Treinamento.

Na sua avaliação, as áreas de controladoria, tecnologia, comercial e marketing digital são as mais requisitadas e que prometem crescer no cenário atual. “Nestes últimos dois anos, diante desses novos desafios trazidos pela economia, as empresas começaram a perceber a necessidade de maior profissionalização, integração de sistemas para obter mais fidedignidade nos dados, controles financeiros e de processos, a praticidade na resolução de problemas e a visualização nas redes sociais, bem como a inserção nos mercados digitais, o que faz com que essas áreas estejam no topo das mais buscadas nesse momento”, expõe.

Adequação à realidade e novas oportunidades

De acordo com empresário e consultor de empresas Luís Gioia, especialista em Marketing Digital, uma das áreas que concentra as profissões em alta em 2022, de fato, “com o crescimento do digital impulsionado pela pandemia, as empresas estão cada vez mais pressionadas a se adequar à nova realidade”.

“O novo normal das empresas demanda especialistas em áreas novas como gestores de tráfego, SEO, produtores de conteúdo entre outras que começam a se tornar fundamentais dentro de qualquer negócio. Porém, a velocidade do mercado brasileiro se atualizar nessas novas funções não acompanha a transformação digital e a real necessidade”, afirma.

“O que se observa é que estamos em um universo com muitas oportunidades. Ainda mais em um mundo que demanda das empresas a presença virtual e contato com fornecedores, investidores, colaboradores e milhares, às vezes, milhões de clientes. E nesse sentido, a área de tecnologia tornou-se uma aliada a fim de realizar esse contato com qualidade e tempo hábil”, emenda Mário Alves, consultor de transformação digital e um dos líderes do Rapadura Valley, comunidade de startups de Fortaleza e a maior do Estado.

Como profissional de Tecnologia, outra área que também concentra as profissões em alta em 2022, ele encoraja a quem já trabalha ou se interessa pelo setor a conhecer mais sobre as inúmeras possibilidades existentes. “Para desenvolver e manter as novas tecnologias, muitas profissões surgiram e ainda devem surgir ao longo dos anos, envolvendo áreas como desenvolvimento; product owner, com a gestão da equipe e processos; designer, transformando as demandas das empresas em telas e interface para facilitar a vida dos clientes e profissionais de infraestrutura; e segurança da informação, já que lidamos com uma escala e quantidade de informações cada vez maior”, afirma.

Ano de desafios para quem busca colocação

Contudo, diante de tantas oportunidades, existem também desafios, tanto do lado das empresas como de quem procura uma colocação. É para o que chama a atenção César Barreira, da consultoria CMGB. “Do lado das empresas, existe grandes desafios nas áreas mais demandadas na busca por profissionais com habilidades comportamentais e técnicas para esse novo momento. Domínio de diferentes idiomas, de sistemas de Planejamento de Recursos Empresariais (ERP) e novas ferramentas, gestão de conflitos e pessoas e estratégias são algumas delas”, expõe.

Já do lado dos profissionais que estão de olho não só nas profissões em alta em 2022, mas também em outras áreas, ele explica que “os perfis generalistas precisam identificar suas expertises em alguma área de atuação específica e ter domínio do seu perfil técnico, psicológico e comportamental, sendo esse um grande diferencial no cenário atual, onde as empresas buscam pessoal qualificado e que apresente resultados efetivos”.

A tradução dos conteúdos é realizada automaticamente pelo Gtranslate.
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Top 5: Mais lidas

Cadastre-se em nossa newsletter