Sendo a quinta alta consecutiva do índice, a confiança dos serviços se estabiliza em patamar acima do nível pré-pandemia, chegando ao estado de neutralidade. A informação é de Rodolpho Tobler, economista da FGV. (Foto: Freepik)

Flexibilização de decretos acelera recuperação do setor de serviços

Por: Nathanael da Silva Pereira | Em:
Tags:

O Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV Ibre) divulgou hoje, 30, o Índice de Confiança de Serviços. O estudo aponta um crescimento de 1,3 ponto, alcançando 99,3 pontos. É o maior nível do indicador desde setembro de 2013. Em relação ao mesmo período do ano passado, a alta foi de 14 pontos.


Quer receber os conteúdos da TrendsCE no seu smartphone?
Acesse o nosso Whatsapp e dê um oi para a gente.


Sendo a quinta alta consecutiva do índice, a confiança dos serviços se estabiliza em patamar acima do nível pré-pandemia, chegando ao estado de neutralidade. A informação é de Rodolpho Tobler, economista da FGV.

A tendência de crescimento nos serviços influenciaram diretamente a recuperação do saldo de empregabilidade. Em alta pelo terceiro mês consecutivo, o saldo já chega a 10,4 pontos, representando uma tendência de aumento no quadro de funcionários das empresas.

A tradução dos conteúdos é realizada automaticamente pelo Gtranslate.
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Top 5: Mais lidas

Cadastre-se em nossa newsletter