A iniciativa conta com o apoio da Agência de Desenvolvimento Econômico do Ceará (Adece) e do Programa Cientista Chefe da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap). (Foto: Freepik)

Governo do Ceará seleciona projetos de empreendimentos inovadores

Por: Anchieta Dantas Jr. | Em:
Tags:

O Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece) e da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet), está com inscrições abertas para seleção de projetos de empreendimentos inovadores no âmbito  dos programas Corredores Digitais e Clusters Econômicos de Inovação.


Quer receber os conteúdos da TrendsCE no seu smartphone?
Acesse o nosso Whatsapp e dê um oi para a gente.


A iniciativa conta ainda com o apoio da Agência de Desenvolvimento Econômico do Ceará (Adece) e do Programa Cientista Chefe da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap).

De acordo com o edital, serão selecionados projetos que adotem tendências tecnológicas com maior potencial de contribuição para o crescimento econômico nos curto e médio prazos, contemplando iniciativas de nove macrorregiões cearenses: Grande Fortaleza, Litoral Leste, Vale do Jaguaribe, Sertão Central, Sertão do Cariri, Serra da Ibiapaba, Sertão de Crateús, Sertão de Sobral e Litoral Norte.

Divididas em dois grupos, no momento, permanecem abertas as inscrições para o segundo grupo, que seguem até o dia 15 de setembro próximo. O primeiro grupo encerrou o processo de adesão no dia 22 de agosto.

Segundo Júlio Cavalcante, secretário Executivo de Comércio, Serviço e Inovação da Sedet, os projetos com as melhores soluções inovadoras para os problemas identificados em setores estratégicos em cada macrorregião participarão de oficinas, palestras, receberão mentorias, participarão de um demoday (dia de demonstração), terão acesso a ferramentas e benefícios de parceiros, além de bolsas de pesquisa da Funcap, cujos valores variam de R$ 1.200 a R$ 1.500.

“Cada um dos projetos selecionados vai receber duas bolsas de inovação outorgadas aos empreendedores pertencentes às equipes dos projetos e mais duas bolsas para os pesquisadores que acompanharão os trabalhos. A ideia é que eles empreguem todo o potencial das tecnologias digitais para possibilitar, em áreas estratégicas da economia do Estado do Ceará – os chamados Clusters Econômicos de Inovação-, o aumento da produtividade, da competitividade e dos níveis de renda e emprego de cada região. Ou seja, vamos disponibilizar esses recursos financeiros para que as startups selecionadas possam criar soluções para problemas reais identificados nos setores tradicionais da economia estadual em cada uma das macrorregiões”

Júlio Cavalcante, secretário Executivo de Comércio, Serviço e Inovação da Sedet

Conforme disse, trata-se de uma iniciativa que fortalece a economia local não só por meio da oferta de soluções para setores estratégicos de cada região, mas também através da retenção de talentos, promoção da cultura empreendedora e ainda do desenvolvimento de empresas e negócios inovadores, possibilitando que, posteriormente, as soluções criadas pelos empreendedores selecionados possam vir a ser oferecidas a outros mercados. 

“Ou seja, os projetos selecionados já nascem com um mercado, no caso os clusters econômicos de inovação que temos aqui no Estado, que servirão de laboratório, fornecendo oportunidades de aprendizagem na prática para essas soluções inovadoras que depois podem ganhar espaço em outras regiões do país ou até fora”, explica.

De fato, emenda o secretário da Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Inácio Arruda, a ideia é somar forças em prol do empreendedorismo inovador no Estado. “Neste sentido, estamos oferecendo toda a experiência e o conhecimento do Programa Corredores Digitais para apoiar a iniciativa, que estimula o desenvolvimento de soluções inovadoras por empresas e projetos genuinamente cearenses a partir da utilização das mais diversas tendências tecnológicas, contribuindo, assim, com o crescimento econômico de suas regiões”, fala.

Setores contemplados

Entre o setores estratégicos contemplados nas macrorregiões que constam do edital estão o agronegócio, o comércio, a construção civil, educação, energias renováveis, mineração, metalmecânico, saúde, turismo, infraestrutura, logística e tecnologia da informação e comunicação (TIC).

Para a oferta de soluções, os projetos devem adotar tecnologias como inteligência artificial e machine learning, internet das coisas (IoT), dispositivos inteligentes, big data, análise aumentada; espaços e locais inteligentes, blockchains, registro distribuído e computação em nuvem e de borda. E ainda realidade estendida, gêmeos digitais, processamento de linguagem natural, interfaces de voz e chatbots, visão computacional e reconhecimento facial; cibersegurança e ciber-resiliência, automação robótica de processos, personalização em massa, micro momentos, dentre outras tecnologias inovadoras.

Ainda de acordo com o edital, são elegíveis a participar do programa, os projetos de empreendimento inovador compreendidos como empreendimentos nascentes ou em operação recente, cuja atuação se caracteriza pela inovação aplicada a modelos de negócios ou a produtos ou serviços ofertados.

Ao mesmo tempo, as equipes dos projetos devem ser compostas por membros residentes da região de planejamento do cluster que o problema esteja vinculado.

Inscrições dos projetos

Os interessados deverão inscrever seus projetos exclusivamente pela Internet, utilizando o formulário eletrônico disponível no site: https://www.sct.ce.gov.br/corredoresdigitais. A participação no programa é gratuita para todos os participantes. 

Por um ano, até 48 projetos de startups serão apoiados. Estes serão acompanhados, coordenados e supervisionados pelos pesquisadores regionais dos respectivos clusters, que uma vez selecionados, serão devidamente nomeados pela coordenação do programa Clusters Econômicos de Inovação.

A tradução dos conteúdos é realizada automaticamente pelo Gtranslate.
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Top 5: Mais lidas

Cadastre-se em nossa newsletter