Os principais produtos vendidos foram lagostas, peixes congelados, pargo congelado e preparações e conservas de atuns. Em relação às compras externas, as mais demandadas foram sardinhas e anchovas congeladas, cavalinhas congeladas, preparações e conservas de atuns, preparações e conservas de bonitos-listrados e filés de peixe congelado. (Foto: Freepik)

Ceará tem aumento de 60% nas exportações de pescado

Por: Giovana Brito | Em:
Tags:

Houve um aumento de 60% nas exportações de pescado do Ceará, de janeiro a julho, quando comparadas com o mesmo período do ano passado. As importações cresceram 18,7% no mesmo período.


Quer receber os conteúdos da TrendsCE no seu smartphone?
Acesse o nosso Whatsapp e dê um oi para a gente.


Segundo o estudo Setorial em Comex – Pescados, nos sete primeiros meses deste ano, as exportações registraram US$42.2 milhões e as importações ficaram em US$4.7 milhões. Os dados foram divulgados pelo Centro Internacional de Negócios da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC).

Para as exportações de pescados cearenses, julho foi o melhor mês do ano, registrando US$15.8 milhões. As importações do mês ficaram em US$498.2 mil.

Os principais produtos vendidos foram lagostas, peixes congelados, pargo congelado e preparações e conservas de atuns. Em relação às compras externas, as mais demandadas foram sardinhas e anchovas congeladas, cavalinhas congeladas, preparações e conservas de atuns, preparações e conservas de bonitos-listrados e filés de peixe congelado.

A tradução dos conteúdos é realizada automaticamente pelo Gtranslate.
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Top 5: Mais lidas

Cadastre-se em nossa newsletter